UM PAI, POR OBRIGAÇÃO, DEVE TER UM ANTEBRAÇO LARGO E FORTE

Neste final de semana peguei a estrada, minto: pegamos a estrada. Eu, minha mulher e o Adão, nosso gato preto da sorte. Deixe-me fazer um breve comentário antes de continuar a crônica. Nada como ter um gato. O Adão, apesar de pequenino e de ser apenas um bicho “irracional” — coloco entre aspas, pois, àsContinuar lendo “UM PAI, POR OBRIGAÇÃO, DEVE TER UM ANTEBRAÇO LARGO E FORTE”

QUANDO O CORAÇÃO ESTÁ NO LUGAR CERTO

Vez ou outra pergunto-me se meu coração está no lugar certo. Já fui tanta gente, já fui o bonzinho e melífluo da turma, já escrevi de maneira odiosa e colérica, já agi como se soubesse de tudo, já deixei de agir pois pensava que não sabia nada. Já fui o cara romântico ridículo, que éContinuar lendo “QUANDO O CORAÇÃO ESTÁ NO LUGAR CERTO”

A FACULDADE DA VIDA REAL NÃO É COMO EM “AMERICAN PIE”

Eu ainda era um jovem rapaz. Acabara de iniciar na faculdade de Administração. Sentia-me perdido. Obviamente, o curso escolhido fora resultado de minha indecisão. Aquele ditado clássico para quem faz o curso de administração caiu como uma luva para mim: “Administração é curso de quem não sabe o que fazer.” Mas pergunto-lhe, leitor, quem realmenteContinuar lendo “A FACULDADE DA VIDA REAL NÃO É COMO EM “AMERICAN PIE””

DEUS VISITA APENAS CEMITÉRIOS VAZIOS

Fui ao cemitério no último domingo. Era final de tarde. O crepúsculo se iniciava no céu. E como fazia tempo que não pisava em um cemitério, vivi aquela experiência com o máximo de atenção, com o máximo de esmero, se é que me entendem. Acredito que a última vez que havia pisado em um, foraContinuar lendo “DEUS VISITA APENAS CEMITÉRIOS VAZIOS”

ESTAR DOENTE

Escrevo este texto sentindo-me doente e inútil. Descobri que estou com Dengue. Febre, dor atrás dos olhos e cabeça, sensibilidade no corpo, diarreia e mal-estar. Como fazia tempo que não era acometido por alguma enfermidade, eu estava me sentindo quase imortal nestes últimos anos. Gripe? Nunca peguei, somente uns resfriados que, o pior dos sintomas,Continuar lendo “ESTAR DOENTE”

A VIDA É UM SOPRO

a vida é um sopro quando nos damos conta, passou de repente aqui estou, com quase trinta até os dezoito parecia tudo tão sublime parecíamos todos imortais nada poderia nos parar, nem mesmo o relógio tínhamos todo o tempo do mundo agora é tudo tão volátil, tão fugaz, tão efêmero as relações, as pessoas, osContinuar lendo “A VIDA É UM SOPRO”

FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO

Natal e ano novo me lembram a infância. Naquela época parecia tudo tão mágico e ao mesmo tempo tudo tão simples. Reuníamos a família no hotel da minha vó. Primos, tios, crianças, adultos e adolescentes. Todos interagindo no mesmo ambiente. Eram piadas, risadas, sorrisos. Talvez eu esteja superestimando esta época, mas é o que estáContinuar lendo “FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO”

POR AMOR ÀS CAUSAS PERDIDAS, OU TALVEZ, NEM TÃO PERDIDAS ASSIM

A vida é a guerra, você é um soldado, e, como quase em toda guerra, esta já está perdida. Este pensamento permeava meu ser quando declarei-me ateu. Algumas coisas mudaram nestes últimos dois anos. Primeiro a minha descrença no ateísmo e a minha crença em Deus. Aconteceram coisas na minha vida que seriam impossíveis deContinuar lendo “POR AMOR ÀS CAUSAS PERDIDAS, OU TALVEZ, NEM TÃO PERDIDAS ASSIM”