MORTE À BURGUESIA!

Na minha infância e adolescência, sempre tive um medo absurdo de apanhar. Sempre evitava ao máximo o conflito para que isso não acontecesse. Não lembro de ouvir a frase espectral que ressoava a dar com pau entre os corredores escolares: “Te pego na saída!” Nem de meninos querendo bater-me e muito menos de meninas querendoContinuar lendo “MORTE À BURGUESIA!”

Quando você tem algo a dizer, o silêncio é uma mentira

Eis uma das maneiras mais comuns de se chegar ao ressentimento: se calando diante da tirania. Tirania nada mais é do que uma relação humana de injustiça, ou seja, quando uma das partes é opressora e a outra é a oprimida. E todos nós iremos passar por isso na vida. Tanto no papel do opressor,Continuar lendo “Quando você tem algo a dizer, o silêncio é uma mentira”

Acordei e percebi que a vida é sofrimento. Ok, e agora, o que eu faço com isso?

Acordei e percebi que a vida é sofrimento. Ok, e agora, o que eu faço com isso? Tenho a opção do ressentimento, ou seja, eu posso culpar tudo e todos pela existência, assim como Caim o fez na primeira história humana da bíblia. E por que digo que é a primeira história humana? Bem, AdãoContinuar lendo “Acordei e percebi que a vida é sofrimento. Ok, e agora, o que eu faço com isso?”

NÃO PARE!

Não pare! Se você está tentando fazer algo extraordinário, não pare! Vou repetir estas duas palavras até ficarem marcadas em sua consciência e inconsciência. A vida é sofrimento, e todos nós sabemos disso. Diante deste panorama, sabemos que a opção mais fácil e também a mais covarde é desistir. Sim, desistir de suas responsabilidades queContinuar lendo “NÃO PARE!”