NADA NOS HUMILHA MAIS DO QUE O DESEJO

Você, leitor, já parou para pensar que nada nos humilha mais do que o desejo? Imagine um homem barbado, sentado em frente ao computador, nu. Literalmente com o pau na mão, se acariciando para um monitor LCD. Após o clímax, de imediato, o miserável fecha as quinze abas que havia aberto com a intenção deContinuar lendo “NADA NOS HUMILHA MAIS DO QUE O DESEJO”

UMA BOA RELAÇÃO AMOROSA É COMO UMA DANÇA

Me perguntaram, tempos atrás, o que eu considerava uma “boa relação amorosa”. Digo-lhe, leitor, que vejo uma boa relação amorosa como uma dança, onde o homem toma coragem e tira a mulher para dançar. E é ele quem deve conduzir a moça pelo salão. A mulher, envolvida nos braços de seu galanteador, deixa-se ser conduzidaContinuar lendo “UMA BOA RELAÇÃO AMOROSA É COMO UMA DANÇA”

EU ERA UM COMPLETO CANALHA

Após terminar o meu primeiro namoro, estava livre. Livre de um lado, escravo de outro. Explico. Eu me libertara da prestação de contas. Ora, agora eu poderia fazer o que bem entender sem dar um pingo de explicação a ninguém, e o principal: sem aquele pesar na consciência por agir como um canalha. Lembro-me deContinuar lendo “EU ERA UM COMPLETO CANALHA”

SE VOCÊ PENSA QUE OS HOMENS FORTES SÃO PERIGOSOS, ESPERE ATÉ VER DO QUE OS FRACOS SÃO CAPAZES

Vez ou outra acontecem alguns escândalos por aí que envolvem homens e mulheres. Nada fora do normal. O que seria de nossa vida sem alguns escândalos, não é mesmo?! Os jornalistas que o digam. Homens que muitas vezes pareciam tão dóceis e pacíficos ao olhar da multidão de repente agridem fisicamente suas namoradas em umContinuar lendo “SE VOCÊ PENSA QUE OS HOMENS FORTES SÃO PERIGOSOS, ESPERE ATÉ VER DO QUE OS FRACOS SÃO CAPAZES”

NADA TORNA O HOMEM TÃO MADURO QUANTO A CONVIVÊNCIA COM UMA MULHER

Nada torna o homem tão maduro quanto a convivência com uma mulher. Para explicar esta objeção, deixe-me olhar para o passado. Simbolicamente, o feminino é retratado como o caos em mitos de criações antigos. As deusas, ao mesmo tempo que possuíam a capacidade de dar a dádiva da vida, também poderiam destruí-la quando e comoContinuar lendo “NADA TORNA O HOMEM TÃO MADURO QUANTO A CONVIVÊNCIA COM UMA MULHER”

“Não é não?” Consultório da Patifaria #06

Vamos às dúvidas amorosas de nossos leitores: Serei direta: estou apaixonada por um homem casado. A gente se encontra toda segunda-feira, no horário de almoço para a mulher dele não desconfiar. A nossa relação é ótima. Dias atrás perguntei pra ele quando iria me assumir. Ele riu. Perguntei mais uma vez e o clima ficouContinuar lendo ““Não é não?” Consultório da Patifaria #06”

O AMOR É ALGO QUE SE REGA

O amor é algo que se rega. Dia após dia, semana após semana. É uma mudinha no princípio de tão frágil. Com o tempo, ao ser regada, ela passa a crescer e a criar raízes. Com raízes, a mudinha consegue progredir e passa a ser um projeto de árvore. O tronco ainda é fino, e,Continuar lendo “O AMOR É ALGO QUE SE REGA”

CASAIS QUE FAZEM UM PERFIL ÚNICO NAS REDES SOCIAIS: PRECISAMOS FALAR SOBRE ISSO

Nem na época mais insegura da minha vida, tempos onde eu não tinha um mísero pingo de confiança em mim mesmo, eu aceitei a patifaria de fazer um perfil único com a minha ex-namorada nas redes sociais. Lembro-me que ela pediu um absurdo destes, e eu, por um momento, cogitei esta hipótese na minha cabeça,Continuar lendo “CASAIS QUE FAZEM UM PERFIL ÚNICO NAS REDES SOCIAIS: PRECISAMOS FALAR SOBRE ISSO”

“O que fazer quando não se tem coragem de terminar um relacionamento?” Consultório da Patifaria #04

Olá, meus caros. Hoje lhes trago mais algumas dúvidas cruéis que acometem os corações apaixonados de nossos confrades: Olá, após terminar a minha última relação (há quase 3 anos) a minha vida tem sido um pouco libidinosa e, por consequência, a minha reputação junto das mulheres não é a melhor. Há um ano me aproximeiContinuar lendo ““O que fazer quando não se tem coragem de terminar um relacionamento?” Consultório da Patifaria #04″

“Ter ou não ter um pau-amigo?” Consultório da Patifaria #03

Olá, meus caros. A esta altura, vocês já entenderam do que se trata este consultório, então vamos às dúvidas de nossos confrades: Ter ou não ter um pau-amigo? Olá GA! A história é a seguinte: sempre tive um amigo que parecia haver uma química entre nós quando estávamos sozinhos. Tempos atrás, resolvemos colocar à provaContinuar lendo ““Ter ou não ter um pau-amigo?” Consultório da Patifaria #03”