E ENTÃO, QUANDO DEIXAREMOS DE SER COVARDES?

O quão vazio você está? Às vezes parece que a vida só dá errado, mas tudo bem. O que te deixa vivo? Pelo que você luta? Quais são seus ideais? Qual o sentido que te faz acordar todo dia, escovar os dentes, tomar café, pegar ônibus, trabalhar, voltar pra casa, estudar, engolir sapos, ser roubado,Continuar lendo “E ENTÃO, QUANDO DEIXAREMOS DE SER COVARDES?”

MEU DESTINO É PECAR

Quando você olha para dentro de sua alma, qual pecado que mais lhe acomete? Todos somos pecadores, sem sombra de dúvidas, porém, há pecados que somos mais vulneráveis que outros. E todo pecado pode nos levar ao vício; mas o que é vício? Vício é tudo aquilo que destrói o tecido cotidiano, ou seja, começamosContinuar lendo “MEU DESTINO É PECAR”

PARADOXO DO DESEJO

“Eu a olhava tentando desvendar os segredos daquela alma fechada. Nunca havia conhecido uma mulher tão misteriosa. Nem pura, nem suja. Já eu, um imundo. Sua conversa era agradável; poderia ficar horas e horas a ouvindo falar. Era sincera, mas na dose certa. Sua roupa era tão elegante quanto o jeito que caminhava com aqueleContinuar lendo “PARADOXO DO DESEJO”

DEMASIADAMENTE HUMANO

Sou um entre bilhões e bilhões. Uma vida, uma dádiva biológica, como você que está lendo isso neste instante. Se tivéssemos noção do quanto a vida é rara, nunca ficaríamos lamuriosos, seja pelo problema que fosse. Nós, ínfimos humanos, homo sapiens sapiens, de racionalidade superdotada, de superegos alterados, fomos capazes de mudar o planeta TerraContinuar lendo “DEMASIADAMENTE HUMANO”