DEUS VISITA APENAS CEMITÉRIOS VAZIOS

Fui ao cemitério no último domingo. Era final de tarde. O crepúsculo se iniciava no céu. E como fazia tempo que não pisava em um cemitério, vivi aquela experiência com o máximo de atenção, com o máximo de esmero, se é que me entendem. Acredito que a última vez que havia pisado em um, foraContinuar lendo “DEUS VISITA APENAS CEMITÉRIOS VAZIOS”

O SUICÍDIO VISTO COMO UMA FORMA DE CONFORTO

Nunca estudei a fundo sobre suicídio ou depressão. O que vou expressar aqui são apenas reflexões baseadas no meu puro achismo de como vejo a vida, a morte, a tristeza, a felicidade e a insignificância humana. Antigamente, quando ouvia a notícia de que alguém cometera suicídio, pensava: “como alguém pode se matar? O quão depressivoContinuar lendo “O SUICÍDIO VISTO COMO UMA FORMA DE CONFORTO”