NADA SOFRE TANTO PRECONCEITO QUANTO A TRISTEZA

Nada sofre tanto preconceito quanto a tristeza. Explico: o nosso mundo trata a tristeza como um monstro, como um bicho-papão que deve ser exterminado. O mais cômico deste panorama atual, é o fato ululante que a depressão e o suicídio nunca estiveram tão em alta no mercado como agora. E eu vos pergunto, por quê?Continuar lendo “NADA SOFRE TANTO PRECONCEITO QUANTO A TRISTEZA”

A SOLIDÃO DEVE SER SUA AMANTE, NÃO SUA NAMORADA

“Reservado”. Está aí um adjetivo que ouvi sobre mim durante muito tempo, seja nos relacionamentos amorosos, no núcleo familiar ou em qualquer outro vínculo social. Mas o que seria um cara “reservado”? Praticamente alguém que namora com a solidão e tem dificuldade de expor seus sentimentos para o outro, peremptoriamente face a face. Por esteContinuar lendo “A SOLIDÃO DEVE SER SUA AMANTE, NÃO SUA NAMORADA”

O primeiro cumprimento da vida para conosco é o desconforto.

O primeiro cumprimento da vida para conosco é o desconforto. Como quem diz: “Bem-vindo à vida, agora acabou a moleza!” Explico: já nascemos no desconforto. Talvez seria melhor se ficássemos a eternidade no ventre de nossas mães, protegidos em um sono eterno. Todavia, percebam que para nos expormos ao mundo, somos forçados pela natureza aContinuar lendo “O primeiro cumprimento da vida para conosco é o desconforto.”

A sorte de se deparar com a felicidade está diretamente relacionada com a forma que olhamos para o mundo.

A sorte de se deparar com a felicidade está diretamente relacionada com a forma que olhamos para o mundo. Claro que sair por aí feito um louco varrido atrás de júbilos é outro equívoco, pois a felicidade, assim como a tristeza, vai nos encontrar; e a tristeza tende a ser mais escandalosa, e em maiorContinuar lendo “A sorte de se deparar com a felicidade está diretamente relacionada com a forma que olhamos para o mundo.”

NOTA LITERÁRIA #13 – 12 REGRAS PARA A VIDA (JORDAN B. PETERSON)

Este foi um dos melhores livros que já li. Apesar de se tratar de um título “autoajuda barata”, Jordan Peterson tem conteúdo, e muito. Suas análises precisas acerca da vida trazendo a ciência e a religião e as colocando em sintonia me surpreendeu. Marquei tantas notas que seria possível escrever outro livro. Seguem abaixo todasContinuar lendo “NOTA LITERÁRIA #13 – 12 REGRAS PARA A VIDA (JORDAN B. PETERSON)”

FALTA SUBSTÂNCIA

Estive pensando nestes últimos dias do porquê algumas pessoas não conseguem avançar na vida. E não digo “avançar” num sentido apenas financeiro/material, mas no sentido de evoluir como ser humano: ter bons amigos, valorizar momentos, conseguir um marido/esposa de valor, fazer coisas valorosas com sua existência. E antes que alguém queira culpar o mundo porContinuar lendo “FALTA SUBSTÂNCIA”

A ARTE IMORTALIZA OS MORTAIS

Uma das coisas que mais gosto no ato de escrever é me deparar com meus textos antigos. É como se eu conseguisse me transportar para o passado e me colocar no exato momento em que escrevia o devaneio. Acredito que esta sensação é uma das mais belas se tratando da arte. Não estou aqui meContinuar lendo “A ARTE IMORTALIZA OS MORTAIS”

O FOGO ILUMINA MUITO POR MUITO POUCO TEMPO

Parei e olhei pra trás. Pensei comigo se o caminho até aqui valeu a pena. Analisei meus erros, meus acertos, e confesso que errei mais do que acertei. Acho que vai ser assim até o dia da minha morte. Tenho tantas dúvidas e incertezas a respeito das coisas, dos sentimentos, do mundo. Estas incertezas meContinuar lendo “O FOGO ILUMINA MUITO POR MUITO POUCO TEMPO”