NOTA LITERÁRIA #11 – UMA BREVE HISTÓRIA DO HOMEM (HANS-HERMANN HOPPE)

Livro interessantíssimo que conta a história do homem sobre uma perspectiva libertária. Mas o indico mesmo para quem nunca ouviu falar de libertarianismo, pois seu foco, como disse antes, é analisar e contar a história do homem e de como chegamos na democracia. Seguem abaixo as citações que marquei durante a leitura: Meus estudos sãoContinuar lendo “NOTA LITERÁRIA #11 – UMA BREVE HISTÓRIA DO HOMEM (HANS-HERMANN HOPPE)”

UM GRANDE PASSO PARA A LIBERDADE

Sejamos sinceros, se estivéssemos em 2010, quando Dilma foi eleita, quais seriam as perspectivas para 2018? A esquerda dominava o discurso público; uma das únicas oposições ao governo vigente era a Veja; era impossível propor ideias de cunho liberal, aliás, nem se cogitava tais ideias naquela época. Quem seria o louco de propor uma reformaContinuar lendo “UM GRANDE PASSO PARA A LIBERDADE”

O AMOR À POLÍTICA É A FORMA MAIS VIL DE AMAR

O amor à política é a forma mais baixa e vil de amar, pois no momento que um ser humano deixa-se levar por partidos e burocratas, sua percepção de mal e bem tornam-se relativas, assim, justificando qualquer meio para atingir o tão sonhado fim, logo, se o seu burocrata ou seu partido de estimação agredirContinuar lendo “O AMOR À POLÍTICA É A FORMA MAIS VIL DE AMAR”

NOTA LITERÁRIA #07 – DEMOCRACIA, O DEUS QUE FALHOU (HANS-HERMANN HOPPE)

O libertarianismo é um caminho sem volta. Quando entendemos que podemos derivar a ética racionalmente, a forma que passamos a ver a realidade é inconsistente com estado, democracia ou qualquer instituição/regime que possua o monopólio das leis, da força e da violência. A escola austríaca de economia passou por grandes insights no decorrer das décadas.Continuar lendo “NOTA LITERÁRIA #07 – DEMOCRACIA, O DEUS QUE FALHOU (HANS-HERMANN HOPPE)”

DEMOCRACIA, UTILITARISMO E A DITADURA DA MAIORIA

Toda democracia é utilitária; mas o que seria o utilitarismo? O utilitarismo é uma doutrina que se diz ética, proposta primeiramente por Jeremy Bentham (1748-1832) e John Stuart Mill (1806-1873). Tal doutrina fundamenta-se no princípio de utilidade, que determina que a ética deve basear-se sempre em contextos práticos, pois o agente moral deve analisar aContinuar lendo “DEMOCRACIA, UTILITARISMO E A DITADURA DA MAIORIA”

NAZISMO: ESQUERDA OU DIREITA?

Semana passada o nazismo foi o assunto do momento graças a um protesto na cidade universitária de Charlottesville, no Estado americano de Virgínia: pessoas em 2017 defendendo esta ideologia tirânica e eugenista. E então, o debate que circula pela internet é se o nazismo é de direita ou de esquerda. Cada lado tentando jogar oContinuar lendo “NAZISMO: ESQUERDA OU DIREITA?”

POR AMOR À ESCRAVIDÃO

Somos escravos! Talvez escravos chiques, pois não somos açoitados fisicamente por um carrasco mandado por um patrão. Os escravos hoje conseguem comprar um carro popular financiado em mais de 60 vezes; comprar uma casa e demorar a vida inteira para pagá-la; ir a um mercado e gastar o suado salário na compra do mês, poisContinuar lendo “POR AMOR À ESCRAVIDÃO”

POLÍTICA, ESTADO, EGOÍSMO E SALÁRIO MÍNIMO

O mundo tá chato. As pessoas estão cada vez mais mesquinhas e bobas. E nada melhor para deixar o mundo mais chato que transformar tudo em questão política/ideológica. As pessoas querem levantar bandeiras em tudo: no sexo, no trabalho, no esporte, nas nuances da vida em geral. Se tu acredita que a política vai salvarContinuar lendo “POLÍTICA, ESTADO, EGOÍSMO E SALÁRIO MÍNIMO”

BANG BANG

Desde que me conheço por gente tenho uma grande paixão por armas de fogo. Quando era pequeno, adorava assistir filmes de guerra com meu irmão, passar horas e horas na frente do videogame estourando cabeças de inimigos, ler histórias em quadrinho de faroeste e ler revistas sobre armas. Além disso, as brincadeiras com meus amigosContinuar lendo “BANG BANG”

PAZ MUNDIAL

Por que fazemos guerras? Por que matamos uns aos outros? Por que traímos? Por que roubamos? Porque somos algozes de nós mesmos? Se você acredita no bom selvagem de Rosseau, é melhor parar de ler este texto por aqui. Sim, caros leitores, somos cruéis por natureza. Antes de tudo, somos selvagens, e não somos bons,Continuar lendo “PAZ MUNDIAL”