Se você não está aqui para sacrificar algo, para que diabos você está aqui?

E por que vazio? Você já passou pela experiência de dar vazão aos seus impulsos descontroladamente? Perceba, meu bom leitor, que ao deixarmos o nosso desejo primitivo tomar as rédeas de nossa vida, acabaremos em algo que o catolicismo denominou de “pecados”. “Ah, Guilherme, pare de bobagem! Pecados? Isso é muito retrógrado.” É retrógrado, mas … Continue lendo Se você não está aqui para sacrificar algo, para que diabos você está aqui?

Não dê a todos o poder de julgá-lo

  E são justamente esses “gênios” que vêm com aquela máxima da “crítica construtiva”. Se tem algo que aprendi nesses últimos anos ao fazer o que amo e ir atrás de meus sonhos, foi não levar em consideração a “crítica construtiva” de quem nunca construiu nada, pois, obviamente, não serve para nada. Essas pessoas, na … Continue lendo Não dê a todos o poder de julgá-lo

VOCÊ NÃO ACREDITA EM MILAGRES?

Você não acredita em milagres? Olhe mais uma vez ao seu redor. Saia da ilha para enxergá-la com melhor nitidez. Viu o muro que construímos? Não viu? Deixe-me trazer luz à sua visão turva. Está vendo os países do globo? Vamos aproximar a visão. Enxerga os estados? Pequenos pontinhos brancos e cinzas em meio a … Continue lendo VOCÊ NÃO ACREDITA EM MILAGRES?

NÃO PARE!

Não pare! Se você está tentando fazer algo extraordinário, não pare! Vou repetir estas duas palavras até ficarem marcadas em sua consciência e inconsciência. A vida é sofrimento, e todos nós sabemos disso. Diante deste panorama, sabemos que a opção mais fácil e também a mais covarde é desistir. Sim, desistir de suas responsabilidades que … Continue lendo NÃO PARE!

E ENTÃO, QUANDO DEIXAREMOS DE SER COVARDES?

Um dos maiores pecados que já cometi na vida, foi chegar em casa e descontar as minhas frustrações em quem me ama. Isto é de uma pusilanimidade tamanha que tenho vontade de bater-me com as próprias mãos só de lembra-me. Passava o dia inteiro segurando-me para não explodir no trabalho, nas relações sociais fora de … Continue lendo E ENTÃO, QUANDO DEIXAREMOS DE SER COVARDES?

O AMOR É ALGO QUE SE REGA

O amor é algo que se rega. Dia após dia, semana após semana. É uma mudinha no princípio de tão frágil. Com o tempo, ao ser regada, ela passa a crescer e a criar raízes. Com raízes, a mudinha consegue progredir e passa a ser um projeto de árvore. O tronco ainda é fino, e, … Continue lendo O AMOR É ALGO QUE SE REGA

A VERDADEIRA TRISTEZA NÃO SE ASSOA

“A verdadeira tristeza não se assoa.” Esta frase maravilhosa, tirei de uma crônica de Nelson Rodrigues. Vejam como Nelson observava o óbvio, e, justamente por isso, era um gênio. Imaginem a cena de uma viúva aos prantos no enterro do marido, derramando-se em lágrimas, aquelas lágrimas que nos impedem de falar, de respirar. Um parente … Continue lendo A VERDADEIRA TRISTEZA NÃO SE ASSOA

FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO

Natal e ano novo me lembram a infância. Naquela época parecia tudo tão mágico e ao mesmo tempo tudo tão simples. Reuníamos a família no hotel da minha vó. Primos, tios, crianças, adultos e adolescentes. Todos interagindo no mesmo ambiente. Eram piadas, risadas, sorrisos. Talvez eu esteja superestimando esta época, mas é o que está … Continue lendo FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO

NA FALTA DO QUE FAZER, INVENTEI A MINHA LIBERDADE

Subir em um palco e interpretar uma canção. Está aí uma das coisas mais grandiosas que fiz na vida; e não digo “grandiosa” pela dificuldade, digo isso pela carga de sentimentos que passam pelo corpo enquanto se está no palco. É algo tão único e inexplicável que a única forma de explicar-vos é com uma … Continue lendo NA FALTA DO QUE FAZER, INVENTEI A MINHA LIBERDADE