OLHOS CHEIOS DE CORAGEM

João, tempos atrás, enfatizava, com olhos rútilos, para seu velho amigo Josias: — Aquela mulher é tão bela que eu não consigo ficar cinco minutos ao lado dela. Tu tens noção disso? Cara, assim, eu fico nervoso, sabe? Como pode a beleza feminina mexer tanto com a gente? — Entendo. — Não, tu não estás … Continue lendo OLHOS CHEIOS DE CORAGEM

DEZENOVE ANOS

Ontem conversava com um conhecido que há tempos não via. Perguntei a ele o porquê do sumiço repentino. Ele disse que estava apaixonado por uma tal garota de dezenove anos. No mesmo instante eu fiquei desconfiado: — Como assim apaixonado por uma garota de dezenove anos? Tu não acha arriscado se entregar assim por uma … Continue lendo DEZENOVE ANOS

QUEM É TEU MESTRE?

A história de hoje aconteceu mais ou menos na época do “me bate que eu tô louco”. Mas foi alguns meses depois. O lugar também era o mesmo: Sociedade Cruzeiro. Porém, não lembro o nome da festa. Lá estava eu, mas desta vez não estava bêbado, só meio bêbado. O salão estava abarrotado de gente. … Continue lendo QUEM É TEU MESTRE?

ESCRAVO DO DESEJO

Ele é um cara gente boa, metido a boa praça; chama todo mundo de “campeão”, tem dois filhos e se separou a mais ou menos um ano. Tinha dois celulares na época que era casado, um para usar no “modo casado pai de família”, e o outro para o “modo solteiro à procura de meninas.” … Continue lendo ESCRAVO DO DESEJO

ME BATE QUE EU TÔ LOUCO!

O primeiro porre a gente nunca esquece. Quem nunca bebeu de estômago vazio ou misturou diversos tipos de bebidas? Jovem é uma merda! Adolescente então, nem se fala. Naquela noite fria de inverno, não lembro exatamente o ano, mas eu devia ter os meus 15 ou 16 anos; estava no auge da minha feiura: com … Continue lendo ME BATE QUE EU TÔ LOUCO!

SEM GARANTIA E COM DEFEITO

Ela permanecia na cama, exausta. O sêmen ainda escorria entre suas coxas. Miguel foi até a cozinha, abriu a geladeira e pegou uma cerveja. Em apenas um gole bebeu mais da metade da lata. Sentiu seu corpo gelar instantaneamente à medida que a cerveja ia descendo até seu estômago. Pegou mais uma lata e levou … Continue lendo SEM GARANTIA E COM DEFEITO

SOBRE HOMENS E MULHERES

Ao chegar no trabalho, Lima me chamou. - Cara, conheci uma guria sensacional. - Mas outra? - indaguei, um pouco surpreso. - Mas esta é diferente, sabe conversar, sempre tem assunto, já é mãe. Mostra muita maturidade. Diferentemente de quase todas que conheci nos últimos anos. Lima era solteiro há 2 anos e começara morar … Continue lendo SOBRE HOMENS E MULHERES