SOMOS UM ROMANCE AMBULANTE

Há algo mais extraordinário do que pessoas comuns, vivendo suas vidas comuns e contando suas histórias comuns? Todos nós somos um romance ambulante de, pelo menos, mil páginas — e mil páginas é um baita calhamaço. Mil páginas lidas, relidas e entendidas na sua profundida, podem lhe ocupar a alma por anos, ou, quem sabe,Continuar lendo “SOMOS UM ROMANCE AMBULANTE”

CABEÇA PARA DAR E VENDER

A minha cabeça era grande, gigantesca, monumental. Sim, a crônica desta semana é para falar de minha aparência deplorável. Os que me conhecem há tempos se oporão: “Era? Não! Ainda é!” Hoje ela ainda é grande, admito, porém, o contraste com o restante do meu corpo passou a ser menor. Ora, agora eu tenho 108Continuar lendo “CABEÇA PARA DAR E VENDER”

BALADA NÃO É UM BOM LUGAR PARA SE ESTAR

Que semana, meus queridos, que semana. Hoje quero refletir sobre o caso mais aclamado do momento, o de Mari Ferrer, sim. Não sou desses de entrar em polêmicas, e nem quero. Aliás, nem vou me ater às especificidades deste caso, apenas relatarei as reflexões que fiz a partir dele. Não serei mais um juiz daContinuar lendo “BALADA NÃO É UM BOM LUGAR PARA SE ESTAR”

OLHOS FAMINTOS

Ao sentar-me no sofá para assistir a um filme de terror na Netflix, lembrei-me da infância. O leitor já deve ter notado que há semanas venho lembrando da época mais inocente da minha vida. Isso se deve ao fato de obrigar-me a escrever. A escrita me obriga a rebuscar memórias, e como isso é maravilhosoContinuar lendo “OLHOS FAMINTOS”

EU ERA UM COMPLETO CANALHA

Após terminar o meu primeiro namoro, estava livre. Livre de um lado, escravo de outro. Explico. Eu me libertara da prestação de contas. Ora, agora eu poderia fazer o que bem entender sem dar um pingo de explicação a ninguém, e o principal: sem aquele pesar na consciência por agir como um canalha. Lembro-me deContinuar lendo “EU ERA UM COMPLETO CANALHA”

Depois de Nós (E-book)

Conforme prometido, o Depois de Nós, romance que lancei em fevereiro deste ano, agora está disponível no formato e-book, na Amazon, por apenas R$ 9,90. Para quem chegou recentemente por aqui, deixe-me dar-lhe um resumo da história: Após passar dois anos na Coreia do Norte em uma guerra que devastou o país, o americano IvanContinuar lendo “Depois de Nós (E-book)”

ANDAR A PÉ CONSTRÓI CARÁTER E LHE ENCHE O ESPÍRITO DE VITALIDADE

Desde que me conheço por gente, ando a pé. Lembro eu, pequenino, a acompanhar minha mãe no itinerário nosso de cada dia: casa, hotel da minha vó, centro, mercado, casa. Eu, vez ou outra, fazia birra. Não queria caminhar. Minha mãe encarava-me com uma face de poucos amigos. Às vezes, apenas com aquele olhar tirânico,Continuar lendo “ANDAR A PÉ CONSTRÓI CARÁTER E LHE ENCHE O ESPÍRITO DE VITALIDADE”

UM PAI, POR OBRIGAÇÃO, DEVE TER UM ANTEBRAÇO LARGO E FORTE

Neste final de semana peguei a estrada, minto: pegamos a estrada. Eu, minha mulher e o Adão, nosso gato preto da sorte. Deixe-me fazer um breve comentário antes de continuar a crônica. Nada como ter um gato. O Adão, apesar de pequenino e de ser apenas um bicho “irracional” — coloco entre aspas, pois, àsContinuar lendo “UM PAI, POR OBRIGAÇÃO, DEVE TER UM ANTEBRAÇO LARGO E FORTE”

AQUI NO BRASIL HÁ UM HITLER EM CADA ESQUINA

Aqui no Brasil, há em nosso cotidiano, um Hitler em cada esquina, porém, sem poder, sem exército. O leitor poderá assustar-se com tal afirmação, mas hei de explicá-la ao longo da crônica. Abra o seu Twitter — se não tiver, melhor ainda, você deve ser uma pessoa com mais paz de espírito e bom sensoContinuar lendo “AQUI NO BRASIL HÁ UM HITLER EM CADA ESQUINA”

PODRES DE MIMADOS!

A humanidade anda muito sem ter o que fazer. Estamos enfados de confortos. Alguns dirão que o pior mal da COVID fora o tédio. Para a grande maioria, sim. O tédio foi tamanho, que, dias atrás, descubro a existência de um pessoal irascível, lutando para que sejam usados os tais “pronomes neutros” ao se comunicarContinuar lendo “PODRES DE MIMADOS!”