“O que fazer quando não se tem coragem de terminar um relacionamento?” Consultório da Patifaria #04

Olá, meus caros. Hoje lhes trago mais algumas dúvidas cruéis que acometem os corações apaixonados de nossos confrades:

Olá, após terminar a minha última relação (há quase 3 anos) a minha vida tem sido um pouco libidinosa e, por consequência, a minha reputação junto das mulheres não é a melhor. Há um ano me aproximei de uma mulher que é minha amiga desde os tempos de escola. Mas, se por um lado quero assumir esta relação e levá-la a sério, por outro, não consigo deixar os rodízios que o Tinder proporciona… Por favor, ajude-me a resolver o meu problema. 

Renato, 26, RS

GA: Sei bem como é isso. Após sairmos de uma relação amorosa, normalmente parecemos cachorros loucos. Mas vamos lá: esta vontade que lhe acomete de traçar todas as mulheres, sinto-lhe informar, mas não vai passar tão cedo. Esta é a parte podre da natureza masculina. E digo mais: tome tento, homem. Assuma esta moça e saia desta indecisão. Se você for esperar o desejo esvair-se, vai morrer indeciso e, arrisco-me a dizer, vai morrer numa vida vazia sem construir nada valoroso. Ao assumir um compromisso, passamos a ter responsabilidades de homem: dar segurança, carinho e amor para a nossa mulher.

O desejo lhe acometerá, mas, se for um rapaz de caráter, não será um escravo da vontade e não trairá sua mulher. Tome tento, homem, tome tento.

 

Caro Guilherme, encontro-me num relacionamento há cerca de 2 anos. Existe muita cumplicidade, amor e sexo frequente. Em resumo, o que todos procuram nos dias de hoje. No entanto, o “mercado de champolas” mexe muito com a minha cabeça. A começar pelo Instagram, o famoso “Instaxota”, aquilo é mais tentador que o X-vídeos. Mas o pior está nas saídas à noite com amigos putanheiros. Depois de ingerir um pouco de álcool, fico com uns instintos sexuais muito aguçados. E as moças são mais assanhadas, ou seja, é facinho de cair na perdição. O que devo fazer? Deixar de sair com amigos e deixar de beber a minha cerveja de vez em quando? Existe alguma atividade que me ajude?

Anônimo

GA: É, meu caro, o Instagram é complicado, assim como o álcool. Mas pelo menos você já está ciente de sua podridão. O mercado de champolas mexe com a cabeça de todo homem, e, se ficar só na imaginação, tá tudo bem. Estas saídas à noite estão se tornando perigosas. Aquela célebre frase “Me diga com quem andas que direi quem és” talvez não seja para levar ao pé da letra, mas garanto-lhe que a chance de trair sua namorada aumenta com os tais amigos putanheiros. Sejamos sinceros! Não me venham com essa: “Ah, eu sou eu.” Conhecendo a podridão da nossa natureza, sabemos que somos influenciados pelo meio que nos cerca.

Além do mais, seu relacionamento amoroso parece ser de um sucesso invejável. Para quê arruinar isto correndo o risco de cair na tentação da carne e destruir seu namoro? E estas saídas à noite, são em bares, pubs, casas de swing? Se não tiver mulheres à sua volta, melhor. Que tal combinarem de tomar umas nas casas dos amigos? Eu digo isso simplesmente pelo fato que entendo sua situação, pois já passei por isso. Nunca esqueço de um amigo meu: certa vez estávamos em um churrasco só com homens, pois a maioria era casado. Então, algum engraçadinho chamou diversas mulheres para o desespero geral da nação. Este meu amigo tratou de ir embora no mesmo instante em que as garotas chegaram. Eu, inocente, fui tentar convencê-lo para ficar um pouco mais. Ele apenas me disse: “Álcool, amigos e mulheres, estou chegando no meu limite, preciso ir embora, pois posso fazer coisas das quais vou me arrepender depois.”

E sempre tem aqueles que se acham puros: “Ah, mas quem ama não trai, quem gosta não sente vontade de ter outra mulher.” Papo furado de quem não consegue nem ao menos olhar para dentro de si e enxergar a podridão de sua própria natureza.

Mas respondendo à última pergunta: uma das melhores atividades para ajudar a manter seu relacionamento imaculado é a masturbação. Ela aliviará a vontade por outras fêmeas e o deixará relaxado, com a cabeça no lugar (ou melhor: com as duas cabeças no lugar). 

Outra dica boa: lembre-se sempre de sua honra. Sim, um homem que trai sua mulher torna-se indigno, logo, desonrado. No momento que você aceitou namorar ou casar com uma mulher, implicitamente vem algo chamado fidelidade, ou seja, ela é sua e você é dela. Não está satisfeito com isso? Termine o relacionamento e seja solteiro.

Abraço.

 

Olá GA. Pode me dizer o porquê os homens gostam tanto de sexo anal?

Anônima

GA: Para começar: não há nada mais belo do que uma fêmea de quatro. Praticamente todas as mulheres ficam belas nesta posição. Segundo: a bunda feminina nos atrai de imediato; está em nossa natureza sermos loucos por bundas. Terceiro: tudo que é tabu acende nosso tesão. Sexo anal, graças a Deus, ainda não é tão comum em nossa sociedade, logo, para o homem, o sexo anal é algo a ser conquistado. É só por isso que gostamos tanto de sexo anal.

 

O que fazer quando não se tem coragem de terminar um relacionamento?

André, 26, PR

GA: Já passei por isso. Já levei um relacionamento com a barriga por não ter a coragem de terminá-lo. No fim, terminou de uma forma não muito pacífica. Explico: como eu não enxergava mais um futuro com ela, meu comportamento passou a mudar no cotidiano. Se antes eu não dava brechas para outras mulheres, agora eu passei a dar. Se antes eu fazia de tudo por ela, agora eu não fazia quase nada. Se antes eu transava com ela toda semana, agora eu transava duas vezes por mês. Entendeu? Ela vai perceber esta mudança de qualquer maneira.

Seu relacionamento já terminou, agora honre este saco enrugado, pare de enganá-la e ratifique este término de uma vez.

Abraços.

A história é a seguinte, comecei a trabalhar em uma empresa e percebi que meu chefe imediato me dava olhadas indiscretas. E eu gostava. Até que um dia, ele me ofereceu uma carona na saída do trabalho. Não vou mentir: eu sabia que alguma coisa poderia acontecer… e aconteceu. Quando ele foi me deixar em casa, nos beijamos. A partir disso, as caronas ficaram mais frequentes e os beijos e amassos também. O problema, é que o ambiente de trabalho piorou. Agora ele perde a compostura profissional no meio de todos. Fica com piadinhas sem graça e atitudes babacas. Ele não sabe dividir as coisas. Além disso ele é casado. Eu gosto dele, mas não sei o que fazer.

Anônima, 25, RS

GA: Sempre falei que onde se ganha o pão, não se come a carne, justamente pelo que você relatou. Para começar: o cara é casado e não passa de um mau-caráter. Um homem que trai a esposa frequentemente, ainda mais com a colega de trabalho, não é confiável. Fuja deste cara! Mande-o à merda e, se possível, arrume outro emprego.

“Ah Guilherme, mas eu gosto dele.” O tempo cura tudo. Tome uma decisão: ou você continua nesta patifaria com este canalha ou você dá o fora daí e se envolva com um homem,  no mínimo, confiável.

Mande sua dúvida, relato, xingamentos para: mullerangra@gmail.com

Caso alguém se interesse em assistir o vídeo do Consultório:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s