EU POSSO MANDAR NA SUA VIDA?

Digo com pesar que o brasileiro, em sua grande maioria tem uma mentalidade fascista. Mas o que é fascismo? Laconicamente, fascismo é quando tudo é o Estado, tudo é lei estatal, tudo se resolve com políticos criando leis e achando que podem mandar na sua vida/propriedade. Eu vejo estes novos “fiscais de Facebook” querendo mandar na nossa vida e imediatamente me bate um medo sombrio do que podemos enfrentar no futuro. Sabe estes jovens que acham que descobriram como o mundo deve funcionar com teorias sociais e demagogas? Sabe aquele tio de bigode que compartilha vídeos do Bolsonaro enaltecendo ditador? Sabe aquele amigo que defende a ferro e fogo que é preciso que o Estado controle as armas, pois os brasileiros não têm “mentalidade” para tal? Sabe aquele pulha metido a machão que defende que a polícia estatal deve bater em usuários de drogas apenas por usarem drogas ou que o Estado deve proibir pessoas do mesmo sexo de se casarem? Sabe aquele vegano que defende que o Estado deve mandar no que você deve comer? Então, toda essa gente se daria muito bem com o Stalin ou com o Hitler.

Primeiramente, antes de me rotularem, não estou jogando a discussão para lados como direita e esquerda, estou discutindo a liberdade dos indivíduos, que é a única coisa que vale a pena lutar quando falo de política. O único lado que estou, é o da liberdade, mas não a “liberdade democrática”, onde você é subordinado ao poder da maioria, mas sim, a liberdade do indivíduo de buscar a sua própria felicidade. Quem aqui não busca a felicidade? Esta é a condição natural do ser humano: a busca de um estado mais satisfatório do que o anterior. Mesmo aquele que se suicida, está buscando uma satisfação pessoal. E nada e nem ninguém sabe o que é melhor para você do que você mesmo, muito menos um político.

Partindo da premissa que todo ser humano busca a felicidade, até onde eu posso ir? Eu posso matar outrem apenas para minha felicidade? Eu posso roubar o carro de outro indivíduo para buscar minha satisfação pessoal? Eu posso pegar à força uma mulher que eu me interessei? E talvez você agora, na mais plena certeza — eu espero —, diga: é óbvio que não! E por quê não? Vou ainda mais a fundo: por que existiu conflito em todas as situações que citei acima? Simples. Porque todo e qualquer conflito tem origem no fato de que vivemos em um mundo de escassez. Todo conflito emana do fato de dois indivíduos utilizarem um mesmo recurso escasso ao mesmo tempo, logo, se eu me interessei pelo carro “A”, mas o carro “A” já tem dono, a única forma de eu conseguir o carro “A” é através de trocas voluntárias, ou seja, sem coerção. No momento que eu tento tomar à força (como o Estado faz), eu estou cometendo um crime contra propriedade. Então concluo que a ética que devemos seguir para dizer o que é certo e o que é errado deve implicar uma norma de propriedade, um direito de uso exclusivo sobre os recursos escassos. Concluo então que a única ética possível é a de propriedade privada. Ou seja, você pode buscar a felicidade, contanto que esta busca não agrida a propriedade de outrem.

Caso você não entendeu bulhufas sobre escassez, propriedade, agressão ou ética (o que é normal), peço que entenda apenas uma coisa: ninguém pode mandar na sua vida(propriedade). Não é porque um político escreveu uma lei num pedaço de papel chamado “Constituição”, que está certo. E quando dermos de cara com fiscais de Facebook e de qualquer outro meio querendo mandar na nossa vida, debata, defenda a liberdade. Temos que ridicularizar qualquer ideia que defenda um Estado mandando em nossas vidas.

3 comentários em “EU POSSO MANDAR NA SUA VIDA?

  1. Relacionei muito à Revolução dos Bichos, basicamente isso que disse. Não podemos simplesmente nos deixar influenciar por letras que podem ser alteradas a qualquer momento comandar tudo em nossas vidas, facilitando mais à eles e não a nós trabalhadores. Não sei se estou falando nada com nada, mas cada dia mais o povo fica ignorante e cego perante as coisas que vêm acontecendo no nosso país.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Ótima analogia com a Revolução dos Bichos. “Não sei se estou falando nada com nada, mas cada dia mais o povo fica ignorante e cego perante as coisas que vêm acontecendo no nosso país.” É isso mesmo, e o que mais me deixa indignado, é que os debates não giram em torno da nossa liberdade, mas apenas entre direita e esquerda, logo, ficam com esta disputa de lados apenas para ver quem irá nos controlar. As pessoas não se dão conta que todos que estão na política são unidos, são eles contra nós. Obrigado pelo seu comentário ;*

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s